Desde o anúncio da suspensão do pagamento da parcela extra teto a ADunicamp, através de sua assessoria jurídica (LBS Advogados), vem adotando diversas medidas judiciais em busca de garantir o pagamento dessa parcela.

No último dia 30 de dezembro, o Desembargador José Luiz Gavião de Almeida, do Tribunal de Justiça de São Paulo, deferiu uma liminar garantindo o pagamento da parcela extra teto.

Nessa decisão o Desembargador afirma que o corte abrupto dos vencimentos pode trazer grande prejuízo aos Docentes. Observa, ainda, que “melhor é manter a situação já consolidada no tempo, até a solução judicial que julgue o mérito do mandado de segurança”, diz o texto da decisão.

“A decisão do Desembargador Plantonista observou os princípios que nortearam juridicamente a manutenção do pagamento da parcela extra teto. Sabemos que se trata de uma medida liminar, porém, essa decisão é uma vitória. A ADunicamp segue na luta pelo direitos dos Docentes da Unicamp”, afirma o professor Wagner Romão, presidente da ADunicamp.