Muitas surpresas são reveladas no premiado longa “O Mestre e o Divino”,
que a ADunicamp exibirá nesta terça-feira, 15/10, às 19h,
no auditório da entidade.

O filme desvenda com muita beleza a relação de um encontro multiétnico
entre dois seres ligados pela mesma paixão, mas de posturas contraditórias
em relação a ela. Produzido por Vincent Carelli/Vídeo nas Aldeias, o filme foi vencedor dos prêmios de melhor documentário, montagem e trilha sonora no Festival de
Brasília 2013.

Divino Tserewahú, importante cineasta indígena da etnia xavante e
personagem central do documentário, veio a Campinas para interlocuções
culturais. Ao final da exibição, abrirá o debate e responderá a questões
instigadas pelo filme e sobre sua rica produção cinematográfica, que é referência
internacional em cinema etnográfico. A produção de Divino estará a venda.

A iniciativa é do Ponto de Cultura NINA, que conta com o Coletivo
Socializando Saberes, com a ADunicamp (Associação de Professores da Unicamp – Seção Sindical) e STU (Sindicato dos Trabalhadores da
Unicamp) para a realização do evento.

“O Mestre e o Divino” (2013)
Direção: Tiago Campos
Documentário | Livre | 85 min | Brasil
Sinopse: Dois cineastas retratam a vida na aldeia e na missão de Sangradouro, Mato
Grosso: Adalbert Heide, um excêntrico missionário alemão, que, logo após o
contato com os índios, em 1957, começa a filmar com sua câmera Super-8, e
Divino Tserewahu, jovem cineasta Xavante, que produz filmes para a
televisão e festivais de cinema desde os anos 90. Entre cumplicidade,
competição, ironia e emoção, eles dão vida a seus registros históricos,
revelando bastidores bem peculiares da catequização indígena no Brasil.

SERVIÇO: 
DATA: 15 de outubro de 2019 (terça-feira)
HORÁRIO: 19 horas
LOCAL: Auditório da ADunicamp
Entrada franca

A ADunicamp fica na Rua Dr. Érico Verissímo, 1479 – Cidade Universitária – Campinas