Por meio da Portaria GR-S 03/2016, foi instaurada uma comissão, presidida pelo professor Douglas Soares Galvão, para apuração das ações do estudante Guilherme Victor Montenegro em uma atividade do movimento estudantil grevista envolvendo o professor Serguei Popov.

Conforme documento firmado em 06/07/2016, a Comissão de Mobilização Docente da ADunicamp (CMD) comprometeu-se a acompanhar todos os processos de apuração “de eventuais atos de excesso por parte dos docentes, estudantes ou funcionários durante o movimento grevista” de 2016, objetivando garantir o “processo democrático, transparente e público” . Por esta razão, todas as oitivas do referido processo foram acompanhadas por representantes da CMD, que produziram um relato de suas observações. Em 20/04/2017, o despacho do ex-Reitor acerca deste processo foi publicado no DOSP.

Alguns dias antes desta publicação, a CMD enviou a ele uma versão do relato de nossas observações das oitivas. Considerando o exposto, a CMD vem a público, por meio deste documento, manifestar-se em relação ao processo supracitado.

Acesse aqui e leia o documento na íntegra