Em reunião não-presencial realizada na tarde de hoje, a Diretoria da ADunicamp resolveu propor ao Conselho de Representantes duas medidas relacionadas à pandemia do coronavírus.

A primeira medida é o adiamento das eleições anteriormente marcadas para 12 e 13 de maio. Com a suspensão das atividades presenciais na Unicamp até pelo menos 30 de abril e as limitações sobre aglomerações de pessoas para conter a propagação do vírus, diversos momentos do processo eleitoral ficaram comprometidos. Entre eles, a Assembleia que deveria decidir pela eleição da Comissão Eleitoral. Além disso, a Diretoria entende que o processo mesmo de montagem de chapas ficará comprometido neste período de quarentena.

A Diretoria proporá que, imediatamente após a retomada das aulas e atividades presenciais na Universidade, seja publicado o edital de convocação de abertura do processo eleitoral e, obedecendo-se o regimento da ADunicamp, este possa ocorrer na maior normalidade possível.

A segunda medida se refere ao direcionamento da verba de contingência do Orçamento 2020 da ADunicamp, aprovada na Assembleia Anual Ordinária. Naquela ocasião, aprovou-se verba de contingência, que se dividia entre recursos previstos para a) contingências sindicais; b) manutenção, reformas e ampliações; c) projeto e obras de acessibilidade; d) instalação de paineis fotovoltaicos; e) apoio cultural a Projeto Longevidade; f) suporte ao parque computacional da entidade.

A crise do coronavírus, em seus aspectos sanitários e econômicos, nos coloca a todos em situação absolutamente crítica. A Diretoria entende que a ADunicamp precisa se preparar para ações concretas de enfrentamento do vírus. Estas poderão dizer respeito, inclusive, ao apoio a ações da Unicamp e de iniciativas e entidades a ela ligadas no combate à pandemia. A Diretoria proporá ao CR o direcionamento de até R$ 800.000,00 para estas ações.

“Esta crise não tem precedentes na história mundial. O sistema de saúde poderá entrar em colapso nos próximos dias. A economia deve ter uma forte depressão nos próximos meses, o que vai acentuar o desemprego. A ADunicamp não pode deixar de participar do esforço para conter o coronavírus. Pretendemos criar condições para que a comunidade docente e universitária se engaje em ações práticas de solidariedade para salvar vidas!”, afirmou o professor Wagner Romão, presidente da ADunicamp.

A próxima reunião do Conselho de Representantes ocorrerá na próxima quinta-feira, dia 26 de março, às 14h, por meio digital.