INDEPENDÊNCIA E AUTONOMIA PARA DEFENDER A EDUCAÇÃO PÚBLICA!

O ANDES-SN é um Sindicato Nacional, constituído por Seções Sindicais organizadas nas universidades, institutos e CEFET, que representa docentes de instituições federais, estaduais e municipais.

Assim, se relaciona e negocia com os governos federal, estaduais, municipais e reitores em cada uma das instituições. Para serem efetivas, as negociações têm como premissa a defesa dos interesses dos docentes, das instituições e, mais amplamente, os direitos sociais e a democracia. Negociar não é estar a serviço. Para assegurar os anseios da categoria devemos praticar a autonomia sindical e a independência de governos, partidos e gestores.

Existem diferenças importantes entre os governos e entre as/os reitoras/es. Após 2018, cresceu o número de governos ultraneoliberais e de direita que atacam as organizações sindicais para efetivar a retirada de direitos. Não se subordinando ao governo, o sindicato pode manter na agenda política direitos estratégicos para o futuro da educação, como a defesa, irrestrita, das instituições públicas de ensino, da carreira docente e das condições de
trabalho.

O sindicato deve apresentar suas pautas, decididas em assembleias de base, para qualquer governo ou reitoria, mas mantendo sua independência de classe. O exemplo da última reforma da previdência, proposta e aprovada por um governo de extrema-direita, é importante. Foi implementada por muitos governadores, inclusive os progressistas. O Andes-SN combateu e irá lutar contra propostas que causam prejuízo aos docentes e aos demais servidores públicos.

Essa é a diferença! Nossas direções que estiveram à frente do ANDES-SN foram coerentes no princípio de que quem fala e decide pelo sindicato é a categoria. Essa postura autônoma possibilitou as conquistas para os que atuam de modo apaixonado no cotidiano das instituições de ensino.

Essa é a história que a Chapa 1 reivindica!

Siga a CHAPA 1 nas redes sociais

FACEBOOK
INSTAGRAM
PÁGINA
YOUTUBE

 


 

Carta da Chapa 1

UNIDADE PARA LUTAR: defender a educação pública e as liberdades democráticas

Na pandemia se evidenciou a importância das universidades públicas, Institutos Federais e Cefets, que passaram a ser ainda mais admirados, na medida em que demonstraram seu compromisso social com a produção de conhecimentos e ações concretas. Apesar disso, a educação pública está sendo profundamente golpeada com sucessivas reduções orçamentárias e ataques à sua autonomia.

Bolsonaro interfere abertamente na democracia das instituições: 40% dos/as reitore(a)s não são legítimo(a)s. O governo mapeia professores/as antifascistas e a CGU estabelece normas que exigem alinhamento ao governo.

Nossa carreira vem sendo desconstituída por sucessivas mudanças. As contrarreformas da previdência aumentaram contribuição dos antigos e prejudicam especialmente os novo(a)s docentes. A Reforma Administrativa acaba com a estabilidade, retira direitos e abre portas para a privatização.

Não temos segurança para retorno presencial e o ensino remoto evidenciou a desigualdade de acesso e permanência, prejudica os mais pauperizados, precariza as condições de trabalho, adoece a categoria e oculta a ausência de medidas de melhoria da infraestrutura e novos concursos para a futura retomada presencial.

A correlação de forças para os que defendem a democracia e os direitos sociais é difícil, visto a unidade da autocracia ultraliberal e dos fundamentalistas que avançaram em seu objetivo de invalidar a Constituição de 1988 com um conjunto de contrarreformas.

A Chapa 1 construirá coalizões em defesa dos direitos sociais e, especificamente, da educação pública, da ciência, da tecnologia, da arte e da cultura. Defendemos que trabalhadoras/es, movimentos antirracistas, pela reforma agrária, feministas, LGBTQI+, em suma, todos os que têm sua humanidade negada, teçam frentes unitárias e democráticas para derrotar o projeto neofascista e autocrático do governo e de sua base de apoio.

A defesa da educação pública faz parte da luta pela democracia: UNIDADE PARA LUTAR!

Conheça nosso Programa! VOTE CHAPA 1