O Caçador de Lazer é o apelido que Ella (Helen Mirren) e John Spencer (Donald Sutherland) deram a seu trailer, que usavam para tirar férias com os filhos nos anos 1970. Hoje, já na terceira idade e loucos para fugir de uma vida de cuidados médicos, o casal volta a embarcar no veículo e parte para uma nova aventura, saindo de Boston em direção a Key West, Flórida, até a antiga casa de Ernest Hemingway. A viagem por uma América que já não reconhecem mais – misturando momentos hilários com outros de puro terror – é a chance para retomarem uma vida de paixão e devoção, mas também de obsessões secretas que ressurgem abruptamente. Indicado ao prêmio de Melhor Atriz de Musical ou Comédia, para Helen Mirren, no Globo de Ouro 2018. Seleção dos Festivais de Veneza e Toronto 2017.
Sessão das 18h30
Data: 06/06

Ella e John (2017)
Direção: Paolo Virzì
Gênero: Comédia, Romance
França, Itália
1h45
[button link=”https://www.imdb.com/title/tt3741632/” icon=”play-circle-o”]Informações – IMDB[/button]
 


 
Paris, 1862. Emile Zola (Paul Muni) e Paul Cezanne (Vladimir Sokoloff) dividem um frio sótão, enquanto esperam triunfar nas suas carreiras. Zola consegue um emprego numa livraria e editora, mas logo o perde, pois publicou um livro “verdadeiro demais”. Numa noite a polícia de Paris dá uma “batida” para prender prostitutas. Emile e Paul evitam que uma seja presa fingindo estar com ela. Zola se interessa pela vida dela e logo o livro “Nana” (o nome da meretriz) se torna um sucesso comercial. Na última década do século XIX Zola é um autor respeitado, que escreveu vários livros e leva uma vida confortável com sua esposa. Em 1894 o país é sacudido por um escândalo, pois o capitão Alfred Dreyfus (Joseph Schildkraut) é acusado de ser traidor. Não havia provas da sua culpa, mas ele é considerado culpado por ser judeu enquanto o traidor, o major Walsin-Esterhazy (Robert Barrat), fica impune por ser de uma tradicional família. Dreyfus é “ent vivo”, pois perde a patente e é mandado para a Ilha do Diabo. Quando o coronel Picquart (Henry O’Neill) encontra provas da sua inocência lhe é ordenado que se cale, pois o estado-maior não pode admitir que errou. No início Zola nunca se interessou pelo caso e só dá atenção quando Lucie (Gale Sondergaard), a esposa do condenado, o procura. É quando Zola desafia os militares publicando “J’Accuse”, uma manifesto a favor de Dreyfus.
Sessão das 16h
Data: 06/06

A Vida de Emile Zola (1937)
Direção: William Dieterle
Gênero: Drama, Biografia
EUA
1h55
[button link=”https://www.imdb.com/title/tt0029146/” icon=”play-circle-o”]Informações – IMDB[/button]