Capa do livro “O fim do envelhecimento”- NTZ, 2019.

Capa do livro “O fim do envelhecimento”- NTZ, 2019.

O livro “O fim do envelhecimento”, um clássico da moderna ciência do rejuvenescimento, escrito pelo biogerontologista britânico Aubrey de Grey, será lançado no auditório da Adunicamp em Campinas no próximo dia 23 agosto em sua versão em português. Comparecerão ao evento, que começa às 19h, os dois tradutores e editores do livro — Nicolas Chernavsky e Nina Torres Zanvettor — e o professor Marcelo Mori, pesquisador principal do Laboratório de Biologia do Envelhecimento e chefe do Departamento de Bioquímica e Biologia Tecidual do Instituto de Biologia da Unicamp.

Com o título original de Ending Aging, a obra já tem versões publicadas em alemão, espanhol, russo, francês, japonês e italiano, além da versão original em inglês, de 2007. Desde então, as propostas científicas defendidas pelo Dr. de Grey no livro vêm sendo cada vez mais implementadas nos laboratórios e empresas de biotecnologia ao redor do mundo e na instituição de pesquisa liderada por ele, a Fundação de Pesquisa SENS, nos EUA. Inclusive, já estão em testes clínicos em humanos várias das terapias propostas em “O fim do envelhecimento” para reparar os danos celulares e moleculares do envelhecimento cujo acúmulo leva ao surgimento das doenças relacionadas ao envelhecimento, como o mal de Alzheimer, o mal de Parkinson, o câncer, as doenças cardiovasculares e a diabetes, que matam a cada dia cerca de 110 mil pessoas.

Em especial, uma das terapias propostas pelo Dr. de Grey em “O fim do envelhecimento” que está atualmente em testes clínicos em humanos, despertando grandes esperanças, é a eliminação das células senescentes, que são um tipo de célula que se acumula no corpo humano ao longo dos anos causando danos às células vizinhas e ao corpo em geral. Os testes em humanos ocorrendo atualmente quanto a essa questão serão um dos pontos a serem discutidos no evento.

Aubrey de Grey é PhD em biologia pela Universidade de Cambridge (Reino Unido), diretor científico da Fundação de Pesquisa SENS, na Califórnia (EUA), vice-presidente de novas descobertas tecnológicas na empresa AgeX e editor-chefe do periódico científico Rejuvenation Research. A essência de sua proposta para desfazer o envelhecimento são as estratégias que denominou de SENS (sigla em inglês para “Estratégias para a Senescência Negligível Engenheirada”), um conjunto de terapias detalhadamente expostas em “O fim do envelhecimento”.

O biogerontologista britânico Aubrey de Grey

No evento do dia 23 de agosto, além da exposição dos tradutores e editores do livro (da NTZ Publicações) e da análise do professor doutor Marcelo Mori, será exibido um breve vídeo com os principais comentários feitos pelo autor do livro, o Dr. Aubrey de Grey, em sua rápida passagem pelo Brasil durante o último mês de junho, ocasião na qual lançou pessoalmente o livro em São Paulo e respondeu a várias perguntas sobre a obra. Ao final do evento do dia 23 de agosto, o livro estará à venda para os interessados.

Atualmente, o envelhecimento da população do mundo, pelo aumento da longevidade e a redução das taxas de fecundidade, apresenta uma perspectiva de médio e longo prazo para a humanidade em que os sistemas de saúde e de seguridade social serão cada vez mais pressionados em termos de custo. Assim, além da questão humanitária quanto à saúde e a vida, a questão social e econômica do envelhecimento médio da população humana confere ainda mais importância à possibilidade de se evitar as doenças relativas ao envelhecimento através da reversão do próprio envelhecimento.

Abaixo, Nina Torres Zanvettor e Nicolas Chernavsky, tradutores e editores do livro, e Marcelo Mori, professor doutor do Instituto de Biologia da Unicamp.

 

 

 

 

 

SERVIÇO:
Data: 23 de agosto de 2019
Horário: 19h
Local: auditório da Adunicamp (Avenida Érico Veríssimo, 1479, Cidade Universitária, Campinas/SP)
Entrada franca